Já ouviu falar dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da ONU, ou simplesmente ODS? Você provavelmente se lembra de ver uma propaganda ou uma imagem no jornal das Metas do Milênio. A imagem era quadrados coloridos com o título “Oito Jeitos de Mudar o Mundo”. E se eu te contar que você está extremamente desatualizado? Essas metas foram reformuladas em 2015 e agora se chamam Objetivos de Desenvolvimento Sustentável. 

Metas do milênio: as metas dos anos 2000.

Em 2012, no Rio de Janeiro, foi realizada a conferência das Nações Unidas sobre os objetivos de desenvolvimento. A meta era revisar o progresso das Metas do Milênio, formuladas em 2000, e criar novos objetivos, adaptando ao que o planeta e a sociedade necessitavam e ainda necessitam. Esses foram alguns dos dados destacados na conferência, alcançados com um trabalho intenso nessas Metas do Milênio:

  • Mais de um bilhão de pessoas saíram da linha da extrema pobreza (desde 1990)
  • Mortalidade infantil reduziu mais que a metade (desde 1990)
  • O número de crianças fora escola caiu mais que a metade (desde 1990)
  • Número de infectados por HIV/AIDS caiu quase 40% por cento (desde 2000)

Pensando em todos esses avanços, foram estabelecidos novas 17 metas, todas conectadas e com uma agenda de implementação até 2030. Os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável ou ODS, são um chamado universal para tomar ação para terminar a pobreza, proteger o planeta e garantir que todas as pessoas terão paz e prosperidade. Todos os membros das Nações Unidas assinaram esse tratado e outras milhares de organizações e empresas, como a SDW, trabalham por essas metas todos os dias. 

Todos os 17 ODSs são integrados, já que uma área vai afetar a outra e o desenvolvimento esperado tem que balancear uma sustentabilidade social, econômica e ambiental. O tratado, chamado de “Leave No One Behind” (Não deixe ninguém para trás) se propõe a chegar a vários zeros: zero pobreza, zero fome, zero AIDs e zero discriminação contra mulheres e crianças. 

De acordo com o relatório de 2020, o Brasil está muito atrasado na implementação das metas. Se continuarmos nesse ritmo, a única que alcançaremos é a número 7, de Energia Limpa e Renovável. Estamos trabalhando bem para Educação de Qualidade, Água Limpa e Saneamento, Ação Climática e Parceria pelas Metas, além da 7, porém, em todas as outras, estamos com um ritmo abaixo do esperado. Somos o 53º no ranking global de implementação das ODS.

Ficou curioso sobre as ODS? Conheça mais sobre as metas e como empresas e organizações podem ajudar a implementar a agenda 2030!

Compartilhe

Estudante de Letras apaixonada por liderança jovem e causas sociais, que acredita na possibilidade de criar um mundo melhor. Tem experiência em ensino de inglês, comunicação e marketing. Atualmente trabalha na área comercial da SDW for All.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *